A vida é para a frente

“Deve nutrir-se carinho por um sofrimento sobre o qual se soube construir a felicidade (…)

Nunca cultivar a dor, mas lembrá-la com respeito,

por ter sido indutora de uma melhoria, por melhorar quem se é.

Se assim for, não é necessário voltar atrás.

A aprendizagem estará feita e o caminho livre para que a dor não se repita.”

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply